barbosa-225x300

A Polícia Federal revelou há pouco, em entrevista coletiva, que a Operação Lilliput, desencadeada junto ao Ministério Público Federal (MPF), que o empresário Antonio Barbosa de Alencar, da Dimensão Engenharia, pagou de uma só vez, a auditores fiscais, propina no valor de R$ 2 milhões.

Segundo a PF, o pagamento de propina ocorreu depois de ele ter sido flagrado sonegando impostos à Receita Federal.

As informações foram repassadas à imprensa pelo delegado da PF Max Ribeiro. Ele explicou, contudo, que essa não foi a única propina paga pelo empresário.

Na semana passada, segundo o delegado, um dos auditores ainda chegou a receber mais R$ 300 mil.

A prisão do empresário foi decretada pelo juiz federal Magno Linhares, da 2ª Vara da Justiça Federal no Maranhão. Ele também determinou sequestro de bens e valores dos investigados e das empresas deles.

0 comments so far,add yours