Prefeito-Tancledo-Lima

Mais um prefeito foi preso pela Polícia Civil, através da Superintendência Estadual de Prevenção e Combate à Corrupção (SECCOR/MA).

Desde as primeiras horas de hoje, dia 5, que a polícia realizou uma operação no município de Paulo Ramos e prendeu o prefeito Tancledo Lima Araujo por corrupção.

Além do gestor, também foi preso o seu irmão, Joaquim Lima Araújo (Secretário de Administração), os empresários Moussa Esber Mansour, George Esber Mansour e Geovani Carla de Freitas Costa Mansour, e José de Alencar Miranda (pai do agiota Gláucio Alencar). Todos são acusados de organização criminosa por fraudar licitações.

Segundo informações, que a investigação teve origem a apreensão de cheques da Prefeitura de Paulo Ramos, durante a Operação Detonando que investigou a morte do jornalista Décio Sá. À época, a polícia apreendeu vários cheques da prefeitura com o agiota Gláucio Alencar e o seu pai José Miranda.

Durante a investigação, a polícia descobriu outros crimes do prefeito, como fraude em processos licitatórios ligados à merenda escolar.

Segunda vez

Não é a primeira vez que o prefeito Tancledo Lima é preso. Em 2015, ele foi alvo da Operação denominada Bocage, por envolvimento com agiotagem. Na ocasião, foi apreendida uma série de anotações indicando altos valores, fornecimento de merenda escolar, medicamento e aluguel de máquinas pesadas, todos referentes ao município de Paulo Ramos e em nome do prefeito. Do G1, MA

 

0 comments so far,add yours