As informações são do Blog do Marcelo Vieira

socorrao_1-e1468967956510

Dados do site do Fundo Nacional de Saúde (FNS) mostram que a Prefeitura de São Luís já recebeu pouco mais de R$ 400 milhões este ano em repasses do Governo Federal para aplicação em serviços de atenção assistência farmacêutica, atenção básica, assistência médica de média e alta complexidade ambulatorial e hospitalar, vigilância em saúde e investimentos. Apesar disso, a saúde municipal em São Luís continua precária e provocando reclamações dos usuários.

Do total de recursos recebidos, pouco mais de R$ 15 milhões foram descontados – no site do FNS não constam detalhes deste desconto –, ficando o Município com quase R$ 388 milhões. O montante foi repassado de duas formas: R$ 223 milhões por meio do Fundo Estadual de Saúde e R$ 134 milhões depositados diretamente no Fundo Municipal de Saúde.

A maior parte dos recursos repassados ao Município por meio do Fundo Estadual de Saúde, R$ 203 milhões, foi destinada para a média e alta complexidade ambulatorial e hospitalar e a menor, quase R$ 2,5 milhões, para a atenção básica. Dos R$ 164 milhões repassados diretamente ao Fundo Municipal de Saúde, R$ 127 milhões também foram para a média e alta complexidade ambulatorial e hospitalar e apenas R$ 100 mil para os chamados investimentos em saúde, depósito único, que foi feito em fevereiro deste ano.

Apesar dos repasses, a saúde municipal continua sendo alvo de críticas. Os problemas nos Socorrões, que continuam com falta de material hospitalar e com macas nos corredores, no Hospital da Criança, superlotado e com mortes de bebês e nas Unidades Mistas que estão sucateadas.

0 comments so far,add yours