Receitas

Os candidatos a prefeito de São Luís já começaram a alimentar o sistema de acompanhamento de candidaturas com informações sobre receitas e depesas de campanha.

Na verdade, por enquanto, só receitas…

Fundo Partidário

O candidato da coligação “Pra seguir em frente”, prefeito Edivaldo Holanda Júnior (PDT), declarou receita de R$ 100 mil, oriunda do fundo partidário.

Direção nacional

Eliziane Gama (PPS), da coligação “São Luís de verdade”, diz ter recebido R$ 150 mil da direção nacional do partido.

Chapa

wellington-3-300x200

O deputado estadual Wellington do Curso (PP), da coligação “Por amor a São Luís”, já recebeu exatos R$ 9.983,70.

A doação foi feita pelo seu companheiro de chapa, vereador Roberto Rocha Júnior (PSB).

Nada

Os demais candidatos não declararam nada. Nestas eleições, candidatos e coligações são obrigados a enviar à Justiça Eleitoral o relatório financeiro de campanha a cada 72h, contadas do recebimento da doação.

talitaImpugnada

A candidata do PCdoB a prefeita de Raposa, Talita Laci, teve o registro de candidatura impugnado. Adversários da comunista dizem que ela não pagou uma multa eleitoral referente às eleições de 2012.

O caso está sob análise do juiz Flávio Roberto Soares, da 93ª zona eleitoral, de Paço do Lumiar.

Impugnado

Também sob a responsabilidade do juiz Flávio Soares está o processo de registro de candidatura do ex-prefeito Gilberto Aroso (PRB), novamente candidato em Paço do Lumiar.

No caso dele, são duas as impugnações. Mas ainda não há decisão.

rochaClimão

Gerou um climão entre o senador Roberto Rocha (PSB) e o governador Flávio Dino (PCdoB) a revelação da Folha de S. Paulo de que, para garantir o voto do senador maranhense contra o impeachment, a presidente afastada Dilma Rousseff (PT) autorizou o PT a fazer alguma intervenções no Maranhão.

Segundo a publicação, consumaram-se as mexidas em Codó e Timon. Mas Rocha queria, também, intervenções em São Luís, Imperatriz e Balsas (leia mais).

O socialista jura que não pediu nada do tipo.

Defensiva

Por falar em Roberto Rocha, o candidato dele em Imperatriz, Ildon Marques (PSB), anda na defensiva.

Contra ele foram protocoladas duas impugnações ao registro de candidatura e, ainda, duas notícias de inelegibilidade.

Por conta disso, o socialista tem se esforçado nos primeiros dias de campanha para convencer o eleitorado de que poderá ser candidato.

As informações são do blog gilbertoleda.com.br

0 comments so far,add yours