Capitão do tri, Carlos Alberto Torres morre aos 72 anos
O futebol brasileiro está de luto. Morreu hoje, aos 72 anos, o capitão Carlos Alberto Torres – um dos maiores laterais direito de todos os tempos.
Torres foi o maior “capitão” da Seleção Brasileira – o craque que levantou a Taça Jules Rimet em 1970, no México.
Carlos Alberto Torres que atualmente era comentarista do canal SporTV, foi vítima de um enfarte fulminante na manhã desta terça-feira (25).
Homem de personalidade forte em uma de suas frases marcantes, afirmou: “Se jogasse hoje ficaria bilionário”.
CarlosAlbertoTorres
Em sua página no Facebook, o Botafogo – clube do coração de Carlos Alberto Torres chora a morte do “Capita”.
“Luto pelo eterno Carlos Alberto Torres, ídolo, campeão da Conmebol pelo Botafogo como técnico e tricampeão mundial pela Seleção Brasileira como jogador”.
O Botafogo de Futebol e Regatas decreta luto oficial e hasteia sua bandeira a meio-mastro na sede de General Severiano. O clube manifesta sua solidariedade aos amigos e familiares do Capita, este ídolo e símbolo alvinegro que nos deixa.

0 comments so far,add yours