Operação
A Polícia Federal foi ao Congresso logo no início da manhã desta sexta-feira (21) para realizar uma ação contra policiais legislativos suspeitos de prestarem serviço de contrainteligência para ajudar parlamentares investigados na Lava Jato e em outras operações. A suspeita é de que policiais legislativos faziam varreduras nas casas dos políticos para, por exemplo, identificar e eliminar escutas instaladas com autorização judicial.
Quatro policias legislativos foram presos. A prisão deles é a temporária, com prazo definido para terminar. Um dos presos é Pedro Ricardo Araújo Carvalho, chefe da polícia legislativa. Foram expedidos ainda cinco mandados de busca e apreensão e quatro de afastamento de função pública. Os policias legislativos são servidores do Congresso que atuam na segurança no prédio.
Morte
pedrinhas-carlosivanagoglobo
Um detento identificado como Carlos Vinícius Abreu Rodrigues (25) foi morto, na tarde desta quinta-feira (20), no Complexo Penitenciário de Pedrinhas, em São Luís (MA), durante briga. A Secretaria de Administração Penitenciária (Seap) não divulgou nomes de suspeitos do crime. Esta foi à sexta morte só este ano no presídio. As informações da secretaria dão conta de que o corpo do interno foi encontrado na Unidade Prisional de Ressocialização (UPR) São Luís 6, antigo Centro de Detenção Provisória (CDP).
A supervisão de segurança interna (SSI) informou que o crime aconteceu em uma briga entre detentos. A ocorrência está sendo investigada pela Polícia Civil, além da própria Seap, por meio de um procedimento interno aberto para apurar as circunstâncias do homicídio.
Praias
praias-foto-gilson-teixeira-1
Há três semanas consecutivas banhistas, esportistas e apreciadores da orla da Região Metropolitana de São Luís têm motivos a comemorar. O novo laudo de balneabilidade divulgado pela Secretaria de Estado do Meio Ambiente e Recursos Naturais (Sema) nesta quinta-feira (20) atesta que 100% das praias da Grande Ilha continuam com condições adequadas ao banho. O feito já se repete pela terceira semana consecutiva e representa o trabalho ininterrupto realizado pelo Governo do Maranhão, por meio do ‘Mais Saneamento’ para despoluir as praias da Ilha.
Exoneração
Uma decisão proferida pela Vara de Interesses Difusos e Coletivos da Comarca da Ilha determina que o Município de Paço do Lumiar (termo judiciário), no prazo máximo de 15 dias, exonere todas as pessoas contratadas irregularmente, sem prévia aprovação em concurso público. Deverá ainda, no prazo de 30 dias, convocar, nomear e empossar os candidatos aprovados no concurso público referente ao Edital nº 001/2014, promovido pela Prefeitura de Paço do Lumiar, para provimento dos cargos em número compatível com aqueles atualmente ocupados por contratados irregularmente

0 comments so far,add yours