carlos-serra

O promotor Carlos Serra Martins (foto acima) foi preso e saiu algemado, hoje (6), de uma audiência no Tribunal de Justiça do Maranhão (TJMA).

A ordem de prisão foi dada pelo desembargador José Joaquim Figueiredo dos Anjos, no Pleno do TJMA, por desacato.

Blog do Gilberto Léda já entrou em contato com o desembargador José Joaquim e com o Ministério Público do Maranhão (MPMA) e aguarda retorno para mais detalhes sobre o ocorrido.

Histórico

O promotor Carlos Serra já tem histórico de confusões no Maranhão. Em agosto de 2014 ele teve a prisão pedida pelo próprio Ministério Público, num processo sob relatoria do desembargador Jorge Rachid (reveja).

Nesse caso ele é acusado de prática de crimes ambientais e de prestar informações falsas a agentes de fiscalização do Ibama (saiba mais).

Antes, em fevereiro do mesmo ano, ele havia sido afastado das funções por decisão do Conselho Nacional do Ministério Público (CNMP) – releia.

Disparos

Também em agosto daquele ano Carlos Serra Martins chegou a ser conduzido ao Plantão Central do Cohatrac, de posse de uma escopeta calibre 12 e uma pistola calibre 380, além de munições.

De acordo com o procedimento policial, o promotor de Justiça teria disparado por três vezes em direção a um homem, em virtude de discussão sobre a propriedade de terras na localidade Iguaíba, em Paço do Lumiar. Durante sua condução à Polícia Civil, Carlos Serra Martins também teria ofendido os policiais militares que o acompanhavam e agredido a vítima.

Com informações do blog do Gilberto Leda

0 comments so far,add yours