O prefeito eleito de Imperatriz, Francisco de Assis Ramos (PMDB), vai abrir mão de seu salário como gestor público. O anúncio foi feito hoje, dia 22, em entrevista ao Imirante.
Assis Ramos disse que vai ficar apenas com o salário de delegado de polícia. A sua decisão foi tomada após repercussão nas redes sociais sobre um projeto de lei enviado por ele, no qual solicita envio à Câmara para votação do aumento salarial dos cargos de prefeito e secretários.
Por conta da repercussão, Assis chegou a se pronunciar dizendo que não se tratava de reajuste salarial, mas sim uma recomposição dos subsídios (salários).
Agora o projeto deve seguir para a Câmara Municipal sem a inclusão do aumento salarial do prefeito, apenas dos secretários. O que, praticamente, dá no mesmo.

0 comments so far,add yours