No confronto direto entre os dois piores times do Campeonato Brasileiro Série B, realizado neste sábado, o Joinville conseguiu um resultado impressionante ao ganhar do Sampaio Corrêa, por 2 a 1. Nem o apoio da torcida na Arena Castelão salvou os maranhenses, que saíram à frente com gol de Edgar Can no primeiro tempo, mas viram Danrlei e Aldair sacramentarem a virada no final do duelo, válido pela 34ª rodada.
Com o resultado, os donos da casa continuam com 27 pontos e veem o sonho de permanecer na Segundona praticamente ir embora. Já o Tricolor, agora 18º colocado, chegaram a 33 pontos e ganharam muita confiança para buscar uma reação histórica. O primeiro time fora da degola é o Oeste, com 35 pontos e que tem um jogo a menos.
Pela próxima rodada, os Bolivianos voltam a campo nesta terça-feira, visitando o Bahia na Arena Fonte Nova. No mesmo dia, o JEC realiza um confronto direto com o Bragantino, em Santa Catarina.
O jogo – Neste verdadeiro confronto dos desesperados, foi o Sampaio quem buscou controlar as ações do jogo nos minutos iniciais. Mantendo a posse de bola e sempre tentando as jogadas pelos lados do gramado, o time da casa descolou alguns cruzamentos, mas demorou para criar uma chance clara de abrir o placar.
Com os maranhenses tendo dificuldade no último passe, o Joinville acabou crescendo no jogo e começou a ter mais posse de bola. A primeira oportunidade real, inclusive, saiu de pés catarinenses. Aos 25 minutos, Claudinho aproveitou rebote da defesa e mandou uma bomba no alto, obrigando boa defesa de Rodrigo Ramos.
Após o susto, os mandantes resolveram acordar e conseguiram, enfim, balançar a torcida no Castelão. Aos 29 minutos, após cruzamento de Thiago Santos, Edgar Can deu um peixinho para colocar a bola no fundo das redes.
Na volta do segundo tempo, o Sampaio mostrou que não estava satisfeito com a contagem mínima e já criou boas chances, logo depois que a bola voltou a rolar. Aos seis, Lucas Sotero fez boa jogafda pelo lado direito e cruzou para Edgar Can, que teve o chute bloqueando por Danrlei, e aos nove minutos, Pimentinha, que saiu do banco de reservas no intervalo, fez boa jogada individual, cortou para o meio, mas acabou mandando para fora de perna esquerda.
Depois dos 10 minutos, foi a vez dos visitantes responderem as chances. Aos 15 minutos, após Jael driblar o goleiro e rolar, Éder Sciola bloqueou o chute de Aldair. O Joinville seguia com a posse de bola, mas os maranhenses eram quem criavam as melhores chances, só que insistiam em falhar nas finalizações.
Com o final do jogo se aproximando e lutando por pelo menos um ponto que poderia ser decisivo na briga pela permanência, o JEC tratou de pressionar o adversário e conseguiu um impensável: uma virada em um minuto. Darnlei aproveitou rebote da própria cabeçada, aos 38, e Aldair arrancou e chutou colocado no cantinho, aos 39, para dar a vitória aos catarinenses.
A situação que já estava ruim ficou pior para o Sampaio, que teve Diego Lorenzi sendo expulso após levar o segundo amarelo, aos 43. 2 a 1 para o Joinville em São Luís.

0 comments so far,add yours