José Sarney diz que Fidel Castro promoveu uma ‘revolução romântica’ - Portal Folha do Municipio

Follow on FaceBook

test banner

Últimas Notícias

Home Top Ad

Responsive Ads Here

Post Top Ad

Responsive Ads Here

domingo, 27 de novembro de 2016

José Sarney diz que Fidel Castro promoveu uma ‘revolução romântica’

Ex-presidente de Cuba morreu na madrugada deste sábado, aos 90 anos. Para Sarney, Fidel está entre os 'maiores líderes da América Latina'. 
O ex-presidente da República José Sarney afirmou neste sábado (26), em nota, que o ex-presidente de Cuba Fidel Castro, que morreu aos 90 anos em Havana, promoveu uma “revolução romântica” que ‘apaixonou a juventude do mundo inteiro”.
O ex-líder cubano morreu à 1h29 (hora de Brasília) deste sábado. A informação foi divulgada pelo seu irmão Raúl Castro em pronunciamento na TV estatal cubana.
Sarney se refere a Fidel como o “mito”, com quem manteve uma “relação cordial e amiga”. Ele destacou ainda ter reatado as relações do Brasil com Cuba e ressaltou ter sido o primeiro chefe de Estado a propor sua entrada na Organização dos Estados Americanos (OEA).
Para o ex-presidente brasileiro, Fidel Castro “pertence agora à História, com a densidade que o coloca entre os maiores líderes da América Latina”.
Na nota, Sarney presta solidariedade ao povo cubano e à família do ex-líder cubano.
Leia a íntegra da nota de José Sarney sobre a morte de Fidel Castro abaixo:
Dois homens marcaram profundamente a história de Cuba: José Marti e Fidel. Fidel foi uma legenda dos tempos modernos, ocupando grande parte do século XX. Promoveu uma revolução romântica que, com Che Guevara e Camilo Cienfuegos, apaixonou a juventude do mundo inteiro.
Tive com Fidel uma relação cordial e amiga. Conheci o mito. Reatei relações do Brasil com Cuba e fui o primeiro chefe de Estado a propor sua entrada na OEA e a criticar o embargo americano.
Ele pertence agora à História, com a densidade que o coloca entre os maiores líderes da América Latina, junto de Bolívar, San Martin e Tiradentes.
Minha solidariedade ao povo cubano e a sua família.
Do G1 Brasília

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Post Bottom Ad

Responsive Ads Here

Pages