Será realizada, no próximo dia 12 de dezembro, no Auditório da Faculdade IESF, no Maiobão, a Audiência Pública, para apreciação do Plano Municipal de Segurança Alimentar e Nutricional.
O Plano Municipal teve o envolvimento de 5 (cinco) Secretarias Municipais, representantes do Poder Público, COMSEA e da Sociedade Civil em sua criação.
Seguindo as diretrizes do Plano Nacional, o documento contextualiza o que há no Município e define ações a serem realizadas para fomentar a política pública de segurança alimentar nutricional.
O principal objetivo da elaboração e execução do Plano, é incentivar e oferecer uma alimentação saudável, adequada e suficiente para a população como forma de incentivo à saúde preventiva.
A apreciação do Plano na audiência será feita pela coordenação técnica da comissão que elaborou o documento, formada por servidores do Município.
Para a Engenheira Agrônoma, Tatiana Trovão, “A ação é intersetorial e passa por diversos segmentos e políticas públicas, o plano engloba muitos setores, tanto a parte de segurança alimentar quanto a de qualidade de vida. A intenção é distribuir para a população o alimentado em quantidade e qualidade suficiente, nutricionalmente equilibrado, todo o processo de produção, distribuição e inclusive educação alimentar, entre os setores envolvidos que trabalham em cadeia no Município com os objetivos do Plano, desde a área de produção dos alimentos, incentivada para a agricultura familiar por meio da Secretaria de Agricultura Pesca e Abastecimento, com programas específicos de produção, capacitações, entre outros.
O Plano envolve desde a questão da água utilizada, a agroecologia, a produção de alimentos orgânicos, a geração de renda por meio da comercialização no programa sociais e muitos outros. Estas ações também contam com o apoio dos Governos Estadual e Federal afirmou Tatiana.

0 comments so far,add yours