"Amigos, hoje completei 8 dias de vida aqui na Colômbia", tuitou na noite de terça-feira (6) o jornalista Rafael Henzel, um dos seis sobreviventes da queda do voo com a delegação da Chapecoense. Este foi o primeiro post na rede social desde 28 de novembro, horas antes de partir da Bolívia para a Colômbia. Pelo Facebook, o jornalista, que está com pneumonia, revelou que fará nesta quarta-feira (7) uma cirurgia no pé direito. Ele também postou uma foto em que aparece com uma camiseta do Atlético Nacional, time colombiano que enfrentaria a Chapecoense na final da Copa Sul-Americana, ao lado do médico Juan Diego Barrios e um primo. CHAPECOENSE Cai avião que levava o time e jornalistas acidente embarque em SC avião de 17 anos lista de passageiros galeria de fotos trajeto do avião teve volta 'sonho acabou' jogador resgatado jogador operado equipes de resgate perguntas e respostas repercussão "Hoje aqui o dia foi de exercícios para fortalecer os músculos. Amanhã farei uma cirurgia no pé direito. Estou lutando contra uma pneumonia. LUTANDO!!! Apoio não falta. O Dr Juan Diego Barrios, à esquerda, primeiro a me atender no caos, me presenteando com a camisa do Atlético Nacional. Amanhã mais um dia de luta. Boa noite. Meu primo Roger também dando ótima estrutura aqui na Colômbia. Obrigado!!!", escreveu. Na mensagem, Henzel também citou a missa de sétimo dia, celebrada em Chapecó na noite de terça-feira. "Não tenho ideia da emoção na Praça Coronel Bertaso. Missa de sétimo dia. Homenagens merecidas, eternamente". Áudio A Rádio Oeste Capital FM, onde Henzel trabalha, divulgou na segunda-feira (5) um áudio do jornalista. Na gravação, ele diz: "Oi pessoal, bom dia a todo mundo. Estou com a voz assim porque estou há muito tempo sem usar. Dizer que tá tudo bem. Estamos avançando. Deus me deu uma segunda chance e a gente vai comemorar muito. Todos nós. Tudo vai ficar bem. Tavinho tá bem. Logo nós vamos para casa para curar todas as lesões. O importante é que estamos vivos aqui pronto para a próxima. Beijo para todo mundo", falou, emocionado. O acidente O voo que transportava a equipe da Chapecoense partiu na noite de segunda-feira (28) de Santa Cruz de La Sierra, na Bolívia, em direção a Medellín. Em coletiva de imprensa, Julio César Varela, da Direção Geral de Aeronáutica Civil boliviana, disse que o avião decolou em "perfeitas condições". Segundo a imprensa local, a aeronave perdeu contato com a torre de controle às 22h15 (1h15 na hora de Brasília), entre as cidades de La Ceja e Abejorral, e caiu ao se aproximar do Aeroporto José Maria Córdova, em Rionegro, perto de Medellín, deixando 71 mortos, entre jogadores e delegação da Chapecoense, jornalistas e tripulantes. 
Henzel tuitou pela primeira vez desde o acidente; último havia sido antes de decolar (Foto: Reprodução/Twitter)Henzel tuitou pela primeira vez desde o acidente; último havia sido antes de decolar (Foto: Reprodução/Twitter)
No Instragram, Henzel publicou foto no dia 28 de novembro com avião que caiu com delegação da Chapecoense (Foto: Reprodução/Instragram)No Instragram, Henzel publicou foto no dia 28 de novembro com avião que caiu com delegação da Chapecoense (Foto: Reprodução/Instragram)

0 comments so far,add yours