Os senadores maranhenses Edison Lobão (PMDB) e Pinto Itamaraty (PSDB) confirmaram posicionamento do primeiro turno e votaram novamente a favor da PEC do Teto no segundo.
A votação ocorreu hoje (13) e o projeto – que limita os gastos públicos pelos próximos 20 anos – passou por 56 votos a 13. A promulgação deve ocorrer na quinta-feira (15).
O senador João Alberto (PMDB) não estava em plenário no momento da apreciação da matéria, mas garantiu ao Blog do Gilberto Léda que a ausência não representa qualquer problema com o governo Michel Temer (PMDB) – que recebeu mal a diminuição da votação favorável em relação ao primeiro turno.
“Eu estava em uma audiência fora do Senado, por isso não votei. Foi só isso, nenhuma divergência”, disse.

0 comments so far,add yours